Blog de Informação Socialista de âmbito Nacional, preferência para as Concelhias e Federações. Envie Artigos, fotos comunicados para socialistas2009@live.com.pt tb Messenger. Espaço de debate sério e frontal. Hi5 - http://socialistas2009.hi5.com

28
Fev 09

Sob as cores da bandeira nacional, que dominam a decoração "clean" do pavilhão Sócrates garantiu que o Governo tem uma prioridade acima de todas as outras: "combater o desemprego"polivalente de Espinho, onde decorre o XVI Congresso do PS, José Sócrates 'anunciou' a sua recandidatura ao cargo de primeiro-ministro.

São três as razões que o motivam a concorrer a mais um mandato em São Bento, afirmou: responsabilidade política - "submeter-me democraticamente ao julgamento dos portugueses sobre o trabalho desta legislatura"; responsabilidade nacional - "estou consciente das nossas repsonsabilidades perante o país nestes tempos dificeis e exigentes"; e a responsabilidade decorrente de haver "alturas em que somos mais do que nós próprios" - "há um combate decisivo a travar pela decência da nossa vida democrática", afirmou o líder socialista, que garantiu não deixar que "a democracia se transforme no terreno propício para as camapanhas negras".

"Desde 2005 que aqueles que não conseguiram vencer, tudo fizeram em sucessivas campanhas negras para atacar a minha honra e dignidade"; "é preciso perguntar aos portugueses se querem uma democracia assim, do vale tudo, das agressões permanentes", disse ainda, arrancando à sala a primeira ovação de pé quando proclamou: "quem governa é quem o povo escolhe, não é um qualquer director de jornal com as suas campanhas, não é nenhuma televisão com as suas manipulações".

Nunca mencionando os seus adversários pelo nome, não poupou os partidos da oposição: "em 4 anos não foram capazes de apresentar uma alternativa credivel, apenas o vazio e o desnorte convencidos de que o populismo e o dizer mal podem constituir um projecto", disse, referindo-se ao PSD. E depois ao Bloco de Esquerda: "não somos um pequeno partido de protesto, dos que vivem apenas da demagogia, do prometer tudo a toda a gente porque não têm de dar nada a ninguém. Têm para oferecer uma mão cheia de nada e outra repleta de irrresponsabilidade".

Mais à frente lamentaria que, num momento em que se vive "a maior crise económica internacional desde 1929", a oposição mais não faça do que "exibir todo o exibicionismo e demagogia". E propôs que o Congresso faça "uma reflexão política séria" sobre a crise, defendendo que o papel do PS é também ajudar a que a Europa "se bata por uma regulação mais forte, uma globalização mais justa e pela eliminação dos off shores".

Foi preciso, porém, chegar ao balanço da governação para se ouvir a palavra "esquerda" pela primeira vez e um 'recado' indirecto para o, até agora ausente, Manuel Alegre: "Como se não fosse obrigação da esquerda melhorar a escola pública para promover a igualdade do país!" - disse, referindo-se aos que criticama o modelo de avaliação dos professores. Para o líder socialista "a agenda social esteve sempre no centro e nas prioridades desta maioria", justificação bastante, no seu entender, para que o movimento de reforma iniciado por este Governo "não possa nem deva ser interrompido".

Repetindo perante o auditório político o que já há meses vem afirmando na Assembleia da República, garantiu que o Governo tem uma estratégia para a crise (assente em quatro áreas: estabilizar o sistema financeiro, apoiar as empresas e o emprego, reforçar o investimento público e reforçar o apoio social) e uma prioridade acima de todas as outras: "combater o desemprego e fazer tudo para que ele esteja sempre presente nas políticas públicas do nosso país".

Destacou três propostas das que apresenta ao Congresso na sua moção de estratégia: o combate às desigualdades, nomeadamente através da limitação das deduções fiscais dos que têm rendimentos mais altos; o alargamento da escolaridade obrigatória para 12 anos; e o casamento entre pessoas do mesmo sexo: "o que queremos é apenas acabar com mais uma discriminação. não é táctica política, é convicção", garantiu.

Reclamando para o seu Governo uma "atitude profundamente democrática e de permanente precoupação com a qualidade da democracia", aproveitou para "pedir aos portugueses que confiem de novo ao PS uma maioria absoluta para governar" - assim provocando nova onda de aplausos de pé.

Terminou com uma mensagem interna, para aqueles que nas últimas semanas vêm denunciando a ausência de debate no interior do partido: "não há excluídos, nem perseguidos, nem silenciados. Foi assim desde sempre e nestes quatro anos. Todos tiveram e têm oportunidade de exprimir os seus pontos de vista e será assim também neste congresso". "A unidade não nasce por acaso, nasce do trabalho e do empenho político", disse ainda, como quem quer rejeitar a ideia de que o unanimismo que o reelegeu líder socialista seja uma fraqueza e não uma força de quem lidera.

EXPRESSO


23
Fev 09

Jovens Socialistas no Parlamento Europeu
 

 PS Estremoz

Cerca de 30 Jovens Socialistas de todo o Distrito de Évora, deslocam-se ao Parlamento Europeu entre 23 e 25 de Fevereiro.
 
O convite endereçado pelo Eurodeputado Luis Capoulas Santos tem como objectivo aproximar os jovens das instituições Europeias. Os jovens irão visitar o Parlamento Europeu e reunir com o Eurodeputado com o propósito aprofundar o conhecimento sobre o funcionamento das mesmas.
 
O concelho de Estremoz será representado por Hugo Garcia e Luis Pardal.
 
A viagem poderá ser seguida em http://twitter.com/psestremoz


12
Fev 09

Recolhimento da Nossa Senhora dos Mártires 

Recolhimento da Nossa Senhora dos Mártires

 

A Delegação do Partido Socialista, constituída por José Alberto Fateixa, José Manuel Rebola, João Manuel Pingarilho e José Capitão Pardal, foi recebida no Recolhimento da Nossa Senhora dos Mártires, pelo seu Presidente Sr. Fernando Cavaco, Pessoal Técnico e de Enquadramento, em ambiente festivo e de responsabilidade partilhada, onde se inteirou da vida e do dia-a-dia da Instituição, bem como das dificuldades sentidas e projectos para o futuro.

Próximas visitas já confirmadas:
Dia 11 de Fevereiro (Quarta-Feira) – Centro Social e Paroquial de São Bento do Cortiço;
Dia 11 de Fevereiro (Quarta-Feira) – Santa Casa da Misericórdia de Veiros;
Dia 11 de Fevereiro (Quarta-Feira) - Cruz Vermelha Portuguesa, Delegação de Estremoz;
Dia 17 de Fevereiro (Terça-Feira) – Centro Social e Paroquial dos Arcos.

Nos próximos dias continuarão as visitas às restantes instituições.

As fotos podem ser consultadas no nosso álbum no Hi5.

http://psestremoz.hi5.com

 


Outubro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


comentários recentes
daki a 2 anos vai ser só rir com vcs, mas depois n...
É extraordinária a votação obtida atendendo à(s) c...
eu acredito k o PS vai ganhar porque portugal é ta...
OláAté hoje eu era um dos indecisos. Como pai de u...
Contrariamente ao que tem sido dito por Manuela fe...
Se o seu problema político está na cor...
Lamento opinar de uma forma que não vai muito no q...
A cor do cartaz é a mesma usada pela coligação PSD...
Bem, criticar não custa... O que realmente gostava...
Não concordo, com o Bloco Central.Não podemos esqu...
arquivos
links
comentários recentes
daki a 2 anos vai ser só rir com vcs, mas depois n...
É extraordinária a votação obtida atendendo à(s) c...
eu acredito k o PS vai ganhar porque portugal é ta...
OláAté hoje eu era um dos indecisos. Como pai de u...
Contrariamente ao que tem sido dito por Manuela fe...
Se o seu problema político está na cor...
Lamento opinar de uma forma que não vai muito no q...
A cor do cartaz é a mesma usada pela coligação PSD...
Bem, criticar não custa... O que realmente gostava...
Não concordo, com o Bloco Central.Não podemos esqu...
pesquisar
 
links
arquivos
links
arquivos
links
comentários recentes
daki a 2 anos vai ser só rir com vcs, mas depois n...
É extraordinária a votação obtida atendendo à(s) c...
eu acredito k o PS vai ganhar porque portugal é ta...
OláAté hoje eu era um dos indecisos. Como pai de u...
Contrariamente ao que tem sido dito por Manuela fe...
Se o seu problema político está na cor...
Lamento opinar de uma forma que não vai muito no q...
A cor do cartaz é a mesma usada pela coligação PSD...
Bem, criticar não custa... O que realmente gostava...
Não concordo, com o Bloco Central.Não podemos esqu...
pesquisar
 
arquivos
links